Qual a importância em economizar dinheiro?

26 de julho de 2019 às 17:11Artigos

Economizar é um hábito que deveria ser desenvolvido pelas pessoas desde pequenas. O motivo é simples, quanto mais cedo começarmos a guardar dinheiro, mais capital estará disponível para realizar projetos particulares. Além disso, entender o que é economia e ter consciência da sua importância ajudará na hora de organizar as finanças.

Quando o dinheiro não é poupado é difícil se planejar para obter o que é desejado. Imagine a facilidade em financiar um carro ou até mesmo uma casa se as pessoas aprendessem a poupar mais cedo. E não somente pensando no lado bom do assunto, mas também no ruim. Ter dificuldade em ajeitar as despesas pode gerar pessoas endividadas e com o nome sujo.

Nos últimos anos, algumas crises estouraram, seja a de 2008 nos Estados Unidos ou a que o Brasil vive atualmente. Nesses períodos seria mais fácil se organizar e passar ileso, caso algum dinheiro tivesse sido guardado. Comece já a planejar a economia, para que as contas não deem tanta dor de cabeça e para que os planos sejam tirados do papel.

Por que economizar?

Em suma, pessoas que entendem sobre economia, dificilmente se endividam. Guardar dinheiro não serve apenas para realizar desejos pessoais, mas sim para evitar problemas.

É preciso pensar não apenas no instante, mas no futuro, já que quanto mais o tempo passa, mais despesas tendem a surgir. Então ter um dinheiro reserva para investir em si e também para resolução de dificuldades é muito importante e as pessoas devem desenvolver esse hábito. Além disso, gastar mais do que se tem gera infelicidade, até porque desejos serão privados no futuro.

Mas como economizar?

Existem duas maneiras bem simples de economizar dinheiro e as pessoas conhecem elas, porém muitas vezes esquecem.

1° - Ganhar mais do que gasta;

2° - Gastar menos do que ganha.

Realmente, são dois conselhos simples, mas que muitos não pensam na hora de se organizar.

Seguindo esses passos, muitas dívidas já seriam resolvidas, porém a falta de planejamento realmente atrapalha. Porém, sair da fase de apenas viver com o que ganha e começar a juntar dinheiro de maneira efetiva é mais complicado.

Primeiramente, é necessário estabelecer metas que agreguem com o comprometimento em guardar dinheiro. Após isso, é preciso contabilizar, pelo menos 10% da renda. Quando você consegue fazer uma economia nessa escala, as chances de se estabelecer financeiramente crescem consideravelmente. Além disso, é importante fazer esse processo de maneira organizada, não pode ser algo repentino e decidido de maneira afobada.

Quando isso acontece, as pessoas se tornam displicentes com suas finanças e todos os problemas que já foram citados surgem do mesmo jeito. Estabelecer a meta de retirar pelo menos 10% do salário no ano é um compromisso a ser seguido.

Caso a pessoa consiga estabelecer uma meta e segui-la, o próximo passo é aumentar o dinheiro economizado. Claro, o salário recebido sempre é determinante em quanto você irá poupar.

Veja outras dicas e saiba cada vez mais como economizar dinheiro!

Empréstimos? Apenas se necessário!

Empréstimos quase nunca são uma boa saída, apenas quando são realmente imprescindíveis.

Muitas pessoas ainda recorrem a eles mesmo sem necessidade, um erro gigantesco. Procure por um empréstimo apenas se estiver endividado ou com alguma irregularidade no CPF. No entanto, entenda, principalmente em caso de dívidas, o empréstimo deve ser bem pensado para que não cause mais dor de cabeça. Além disso, nesses casos, o importante é se resolver financeiramente primeiro para que então consiga se livrar do défice e limpar o nome.

E não se esqueça, qualquer que seja a situação, esse dinheiro deve ser devolvido, porque se não, novamente, ele te dará problemas. Também não pense no empréstimo como uma maneira de aumentar a renda. Se essa for a sua situação considere outras formas de preencher as contas.

Registre todas as suas despesas

Para conseguir seguir todos os passos anteriores é necessário ter um registro de todas as despesas do mês. E quando eu digo todas, são todas mesmo, desde os custos mais banais no supermercado até os investimentos mais altos.

É necessário ter tudo isso documentado para não se perder nas próprias contas. Além disso, para ter uma visualização de quanto é necessário e possível economizar é preciso saber o quanto tem saído e entrado no fim do mês.

Após ter todos os valores no papel, separe os gastos que são necessários daqueles que podem servir como corte em momentos de dificuldade.

Com isso, as contas ficarão no azul e as dores de cabeça com as dívidas serão coisa do passado.

Precisa de um cartão que te dê facilidade e ao mesmo tempo acesso a todo tipo de loja?

Peça já o seu cartão BônusCred, ele te ajudará!

Outros Artigos

Confira o número sorteado da semana no BônusClub premiável

Confira o número sorteado da semana no BônusClub premiável! Confira o número sorteado da semana no BônusClub premiável!

Veja Mais

Cartões Private Label

Quer aceitar os cartões BônusCred em seu estabelecimento? Ou melhor ainda, já pensou em ter um cartão personalizado para sua loja?

Veja Mais

Aprenda a negociar as dívidas!

Dívidas são extremamente comuns, contudo as pessoas não conseguem lidar com elas quando a coisa fica realmente feia. Leia o conteúdo e...

Veja Mais